segunda-feira, 2 de novembro de 2009

ATO DE AMOR



Beijo molhado
Juras de amor sussurradas

Lençol desfeito
Corpos semi-nús
Ébrios de desejo
Alta tensão
Tesão
Fusão
Dois em um
Encaixe perfeito
Dos corpos, agora, totalmente nús
No ponto culminante
Ato de amor
Gozo
Repouso
No leito

Escrever, minha outra faceta

Sônia Lima Naves

4 comentários:

Anônimo disse...

Oh my God!

Sonia Lima Naves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kassiaindia disse...

O ato e um ataque que se enrosca nos dentes de uma anaconda prostrada de suor depois de uma longa respirada. Tocada a cada centimetro de dedos macios na cutis vermelha de uma noite sem dormir. E pra que dormir. O meu computador nao tem acento minha querida.

Sonia Lima Naves disse...

Kássia:
Obrigada pela visita.
Beijos