segunda-feira, 5 de setembro de 2011

No meu ventre fez o ninho!

Passarinho



Como um passarinho
chegou de mansinho,
abraçou-me,
beijou-me,
descobriu o meu corpo
e
provou o meu sabor:
menta,
pimenta,
vinho tinto.
Fermento do prazer.
Embriagou-se
em pequenos goles
e
no meu ventre fez o ninho.



2 comentários:

Sonia Lima Naves disse...

Testando as possibilidades de comentários.

kassiaindia disse...

Agora sim, posso voar como esse lindo pássaro, lindo e centrado. É o unico que para no ar... Seu blog não estava deixando eu postar comentário. beijos comadre.